Informamos que usamos cookies, como acontece na maioria dos sites. click here.
 
 
 
Home   ›   Andorinha   ›   Migrações
sound offsound on
Imprimir
Enviar a um amigo

Andorinha

A andorinha é provavelmente o nosso visitante estival mais famoso. Chega à Europa a meio de Abril, tendo voado 10 000km a partir da zona de invernada no sul de África. A viagem demora cerca de quatro semanas, e os machos, geralmente, chegam primeiro. Já há muitos anos que as pessoas celebram a sua chegada repentina como uma sinal de que o Verão está a caminho.
No início de Maio, a maioria das andorinhas começou a reprodução. No início de Setembro, a maioria das andorinhas prepara-se para a migração, no entanto, algumas poderão ficar na Europa até Outubro.
A viagem de regresso a África demora cerca de seis semanas. Andorinhas de diferentes partes da Europa voam para diferentes destinos. As nossas andorinhas deverão seguir pelo sul de Portugal, em direcção a Marrocos, antes de atravessar o Deserto do Sahara, a floresta tropical do Congo, chegando finalmente à Namíbia e à África do Sul.
As andorinhas voam durante o dia, voando baixinho, e podendo fazer até 320Km diários. À noite, juntam-se em grandes bandos em juncais de zonas húmidas, em locais de paragem tradicionais. Uma vez que as andorinhas se alimentam unicamente de insectos voadores, não necessitam de engordar antes da migração, podendo alimentar-se ao longo do percurso. No entanto, muitas morrem de fome durante a viagem. Se sobreviverem, podem viver até 16 anos.

Spring Alive is supported by

HC Group